Vantagens do Planejamento

O planejamento faz acontecer Torna possível a ocorrência de eventos que, caso contrário, não aconteceriam. É um compromisso com a mudança, pois viabiliza e controla. Os planos são compromissados, pois concentram-se nos objetivos, geram orçamentos e fazem acontecer.


 O planejamento reduz riscos ao mesmo tempo que tira proveito das oportunidades À medida que o profissional da informação analisa, de um perspectiva estratégica, as ameaças e oportunidades do ambiente interno e externo, estará definindo objetivos com mais segurança e tomando decisões que afetarão o futuro dos serviços com maior grau de certeza quanto a atingir aqueles objetivos. (ALMEIDA, 2005)

O planejamento compensa incertezas e mudanças Não deixa o futuro ao acaso (...) e com isso traz três benefícios relevantes: permanências das decisões, equilíbrio e melhor desempenho. Ao definirem determinados cursos de ação, os profissionais da informação terão previsto solução para os problemas a serem enfrentados e definido os padrões a serem adotados para a avaliação de desempenho. Não só as etapas para o cumprimento de determinados objetivos são estudados minunciosamente, como também são previstos possíveis fracassos e, caso ocorram, as alternativas para superá-los. (ALMEIDA, 2005)

Por serem tomadas antecipadamente, as decisões são baseadas em informações e obedecem a critérios objetivos.

 Com isso, tendem a ser mais independentes de humores ou outras variáveis subjetivas.

 Por essa razão, decisões planejadas ajudam a dar estabilidade à organização e, consequentemente, criam um ambiente mais equilibrado e mais produtivo. (ALMEIDA, 2005)

reduz custos, pela ênfase em operações eficientes e compatíveis com as condições existentes;

 substitui atividades fragmentárias e não coordenadas por um esforço em grupo  substitui o fluxo desigual de trabalho por um fluxo uniforme;

  substitui julgamentos bruscos e irrefletidos por decisões premeditadas;

 faz o tempo trabalhar a seu favor;  possibilita o monitoramento das ações; (ALMEIDA, 2005)

Nenhum comentário:

Postar um comentário